Marketing de Conteúdo e E-mail Marketing: uma dupla de sucesso

Marketing de Conteúdo x E-mail Marketing: uma dupla de sucesso
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Geralmente, os empreendedores escolhem entre o marketing de conteúdo e o e-mail marketing, e cada abordagem traz vários benefícios.Quer o seu objetivo comercial seja aumentar o ROI, envolver o público-alvo ou cumprir outros objetivos, a escolha dos canais adequados é muito importante.  

Acompanhe a leitura a seguir e saiba mais!

Marketing de Conteúdo vs E-mail Marketing: Primeiros passos

Os objetivos mais vitais do crescimento do seu negócio incluem construir a fidelidade do cliente e garantir resultados e orçamentos operacionais ideais. Ao trabalhar para esses objetivos, você deve escolher cuidadosamente como entregar sua estratégia de marketing digital taticamente. 

Considerar o seu público nos estágios iniciais é essencial para toda estratégia de marketing digital eficaz. Em outras palavras, você deve entender com quem deseja falar, por que esse grupo de pessoas e quais canais de marketing transmitirão sua mensagem de maneira mais adequada.

Essas perguntas, embora vitais, apresentam respostas geralmente complicadas. Por outro lado, 72% dos profissionais de marketing revelam que seus esforços de marketing de conteúdo aumentaram o engajamento do público. Por outro lado, 59% dos profissionais de marketing afirmam ter encontrado sua principal fonte de ROI no marketing por e-mail. 

A maioria das organizações usa uma combinação de ambos os canais de marketing e adapta essa combinação de acordo com a dinâmica do mercado e outros fatores relevantes. No entanto, também é necessário considerar se um canal é definitivamente melhor que o outro e como usar cada um para maximizar os resultados de sua estratégia de marketing.

O básico do Marketing de Conteúdo

Você encontrará inúmeras definições diferentes de estratégias de marketing de conteúdo, mas entender esse canal de é simples. Qualquer coisa que sua empresa crie e publique para aumentar o interesse e atrair clientes representa marketing de conteúdo. Inúmeros especialistas referem-se a este método como uma técnica de “inbound” ou “pull” porque ele usa conteúdo criado para atrair ou “puxar” o interesse e o engajamento externos (clientes em potencial).

Liderança inovadora e mensagens de marca são o foco principal de uma estratégia eficaz de marketing de conteúdo. Essas técnicas pesquisam, identificam e usam palavras-chave que seu segmento ou público-alvo provavelmente pesquisará. Após identificar com sucesso as buscas alvo, essas técnicas incluem a criação de conteúdo contendo essas palavras-chave e sua publicação em vários formatos. Exemplos desses formatos incluem páginas de aterrissagem, páginas da web, white papers, postagens de blog, podcasts, vídeos e muito mais.

Você deve entender que o debate entre conteúdo e marketing por e-mail é aquele em que esses dois canais freqüentemente se sobrepõem. Porque? A resposta é direta: compartilhar conteúdo relevante com clientes ou assinantes existentes é fácil usando o e-mail como um veículo. Portanto, compreender o dilema do conteúdo versus o marketing por email requer a compreensão da co-dependência entre os dois.

Os benefícios do Marketing de Conteúdo

A versatilidade de direcionamento é um dos benefícios essenciais do marketing de conteúdo em relação a outros canais. Essa versatilidade significa que os profissionais da área podem ajustar cuidadosamente um portfólio de conteúdo que inclui direcionar tudo, desde um nicho preciso até um público geral mais amplo. 

Por exemplo, vamos imaginar um gerente de marketing procurando aumentar a visibilidade de uma academia. Uma maneira conveniente de abordar essa tarefa é atingir indivíduos que procuram uma academia local criando um anúncio do Google. Esse tipo de anúncio faz sentido à primeira vista, mas é de natureza muito ampla. Por outro lado, uma solução melhor pode ser criar uma postagem de blog com foco em um seminário de levantamento de peso que está por vir. Embora pareça mais complicado, esse tipo de marketing visa um segmento muito mais restrito e é, portanto, mais eficaz.

Além disso, a promoção de seu conteúdo dependerá significativamente da plataforma que você escolher para publicar. Algumas plataformas oferecem melhor visibilidade e maior alcance do que outras. Portanto, é uma ótima ideia analisar a situação do mercado antes de fazer planos para evitar perda de tempo e esforço. Existem duas razões pelas quais o compartilhamento de conteúdo é uma parte vital de qualquer estratégia de marketing:

  • Aumentar a visibilidade para o Google;
  • Aumentar a visibilidade do seu público.

Aumentar a visibilidade para o Google

O volume total de pesquisas diárias no navegador de Internet mais popular do mundo ultrapassa 3,5 bilhões de pesquisas. Quase metade da população global recorre ao Google para encontrar inúmeros tipos de informação. Portanto, ao contemplar o conteúdo vs marketing por e-mail, entender a importância da classificação é essencial.

É necessário otimizar cada conteúdo que sua empresa cria e publica para que o Google possa entendê-lo com mais facilidade. Esta etapa ajudará seu conteúdo a receber uma classificação mais elevada no navegador, aumentando assim a visibilidade, o tráfego e, por fim, novos leads.

Aumentar a visibilidade para o seu público

Em outras palavras, uma parte igualmente vital da equação de tráfego é garantir que seu conteúdo esteja prontamente disponível e visível para seu público-alvo. A lógica por trás desse motivo é simples: em vez de incomodar seu público-alvo a navegar na rede em busca de informações relevantes, você simplesmente as apresenta diretamente. 

Ao “contornar” as pesquisas do Google, você torna mais fácil para o seu público se envolver com o seu negócio e agiliza o processo. Esse crescimento orgânico do público de uma empresa funciona perfeitamente graças ao conteúdo de fácil digestão e fácil de compartilhar.

Medindo a eficácia da sua estratégia de Marketing de Conteúdo

A grande maioria das empresas hoje em dia é voltada para resultados, e acompanhar o progresso de sua estratégia de marketing de conteúdo é essencial. Entre as inúmeras métricas que você pode usar para esse fim, sugerimos o seguinte: engajamento, referências, visitantes e tráfego .

Compreender essas métricas é uma tarefa fácil. No entanto, quando se trata de engajamento, observe o número de compartilhamentos e cliques que seu conteúdo recebe e os comentários que os usuários podem estar deixando em seus blogs. Em termos de referências, observe a origem do seu conteúdo chegando ao público-alvo. O seu público vem das redes sociais, diretamente ou talvez organicamente? Ficar de olho neste KPI permite que você saiba quais canais requerem atenção adicional e quais são seus melhores desempenhos.

O comportamento dos visitantes é outro insight crucial. Verifique o número de páginas que seus visitantes visualizam em cada visita. Além disso, tenha em mente a taxa de rejeição do seu conteúdo e observe o comportamento dos visitantes depois de acessá-lo. Por último, mais tráfego é sempre melhor do que menos, mas você deve se aprofundar. Sugerimos analisar o tráfego geral, mas também novos indicadores de tráfego, incluindo sessões e contagens de usuários.

O básico do E-mail Marketing

Ao contrário do marketing de conteúdo, que é uma técnica de “puxar”, o marketing por email é o oposto. Também conhecido como “push” ou método de marketing de saída, os emails servem para facilitar a comunicação com um público que já está familiarizado com o seu negócio. Esse público, na maioria das vezes, inclui clientes existentes ou clientes em potencial inscritos em um boletim informativo ou ofertas por e-mail.

Também é crucial entender que o e-mail pode servir a outro propósito interessante. Por exemplo, muitas vezes você pode usar o marketing por email para atingir um público não familiarizado com sua empresa, se você acredita (ou suspeita) que eles possam achar sua oferta interessante. No entanto, sempre tenha em mente que a diferença entre seu e-mail parecer spam e realmente vale a pena olhar é altamente delicada. Em outras palavras, sempre lembre-se de oferecer uma opção de cancelamento de assinatura se usar esse método e, geralmente, observe seus passos.

Ao analisar o marketing de conteúdo versus email, também é vital lembrar o ROI médio de 3800% que esse canal tem em comparação com os canais de marketing tradicionais menos recompensadores. Se sua meta é cultivar relacionamentos, aumentar a visibilidade do produto ou serviço e, por fim, impulsionar as vendas, o marketing por email é difícil de vencer. Este canal está entre as opções mais populares e práticas para converter e reter qualquer público empresarial.

Como se destacar no E-mail Marketing

O marketing por email é um canal de marketing poderoso, mas também pode ser ineficaz, a menos que você entenda o que está fazendo. Quando se trata de acertar na primeira vez, há fatores cruciais a serem considerados. Esses fatores incluem segmentação de público, engajamento do público e medição da eficácia do marketing por email. 

Segmente seu público

Alguns dos KPIs mais importantes em termos de marketing por email incluem retenção, a taxa de cliques e a taxa de abertura. Se você optar por separar sua lista de e-mail de acordo com critérios específicos, você aumentará cada indicador. A maneira mais direta de explicar a importância da segmentação é se colocar na mente do destinatário – você gosta de receber e-mails irrelevantes? Os critérios de segmentação mais comuns incluem comportamento e dados demográficos, que é um excelente ponto de partida.

Envolva-se com o seu público

As caixas de entrada da maioria dos usuários hoje em dia apresentam dezenas de e-mails diferentes, o que significa que você precisa pensar em uma maneira de sua mensagem se destacar. Além disso, como a maioria dos usuários também usa smartphones para ler seus e-mails, você deve considerar as linhas de assunto exclusivas do e-mail e a compatibilidade com dispositivos móveis. No entanto, evite títulos clickbait para evitar danos à reputação e aos resultados de sua marca.

Medindo a eficácia da campanha

Executar uma campanha de e-mail só para fazer isso não faz sentido. Em outras palavras, você precisa garantir que seus esforços sejam eficazes e o acompanhamento dos resultados da campanha permite que você saiba o seu desempenho. Você pode usar várias métricas para essa finalidade: aberturas por dispositivo, assinaturas e cancelamentos, taxa de cliques, taxa de cliques, taxa de abertura e muito mais.

Se você for sensato também para empregar software de automação, várias plataformas vêm com mapas de calor. Esses recursos permitem que você visualize a navegação de conteúdo por seus usuários, o que lhe dá muitos insights para a execução de testes A / B em linhas de assunto ou imagens. Você também pode usar mapas de calor para ajustar campanhas futuras. 

No geral, a decisão entre conteúdo e marketing por email não é fácil, e recomendamos o uso de uma combinação dos dois canais ao começar. Então, após avaliar qual método produz melhores resultados, você pode brincar escolhendo um em vez do outro.

Precisa de ajuda com sua estratégia de marketing? Confira nosso site e conheça os nossos serviços. Será uma honra ajudar!