Como aumentar a segurança no WordPress

Como aumentar a segurança no Wordpress
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A segurança do WordPress é um assunto de grande importância para todos os proprietários de sites, visto que o Google coloca cerca de 10.000 sites na lista negra diariamente para malware e cerca de 50.000 para phishing.

Se você leva seu site a sério, precisa prestar atenção às práticas recomendadas de segurança do WordPress. 

Neste artigo, compartilharemos todas as principais dicas de segurança do WordPress para ajudá-lo a proteger seu site contra hackers e malware. Acompanhe a leitura e saiba mais!

Qual é a importância da segurança no WordPress?

Embora o software principal do WordPress seja muito seguro e auditado cotidianamente por milhares de desenvolvedores, muitas medidas podem ser tomadas para manter o seu site seguro.

Um site WordPress hackeado pode causar sérios danos à receita e à reputação de sua empresa, pois os hackers podem roubar informações do usuário, senhas, instalar software malicioso e até mesmo distribuir malware para seus usuários.

Desta forma, se você considera o seu site um negócio, é necessário ter atenção extra à segurança do WordPress.

Assim como é responsabilidade do dono proteger o espaço da loja física, o proprietário de uma empresa on-line também deve  proteger o site do seu negócio.

Veja a seguir algumas dicas essenciais para manter o seu site seguro:

Mantenha o WordPress atualizado

O WordPress é um software com código aberto que é melhorado constantemente. Geralmente, o WordPress instala pequenas atualizações automaticamente. Para versões principais, é preciso iniciar atualização de forma manual.

A ferramenta também conta com milhares de temas e plugins para instalar no seu site, mantidos por desenvolvedores terceirizados que também fazem atualizações regularmente.

Essas atualizações do WordPress são fundamentais para a estabilidade e segurança do seu site. É importante confirmar se os plugins, o núcleo e o tema do WordPress estão devidamente atualizados.

Escolha senhas fortes 

As tentativas de hacking costumam usar senhas roubadas. Você pode dificultar escolhendo senhas mais fortes e exclusivas para o seu site. Não somente para a área administradora, mas também para contas de banco de dados, FTP, conta de hospedagem do WordPress e seus endereços de e-mail personalizados que utilizam o nome de domínio do seu site.

Muitos novatos optam por senhas mais fracas por serem mais fáceis de lembrar. O bom é que elimina a necessidade de lembrar das senhas. 

Outro jeito de diminuir o risco é não passar a ninguém o acesso à sua conta de administrador do WordPress, a menos que seja realmente preciso. Se você tiver autores convidados ou uma equipe grande, procure entender as funções e recursos do usuário no WordPress antes de adicionar novas contas de usuário e autores ao seu site WordPress.

Qual é a função da hospedagem WordPress?

Seu serviço de hospedagem WordPress desempenha o papel mais importante na segurança do seu site WordPress. Um provedor de hospedagem compartilhada eficiente toma medidas necessárias para proteger seus servidores contra possíveis ameaças.

Veja como uma boa empresa de hospedagem na web funciona em segundo plano para proteger seus sites e dados:

  • Faz o contínuo monitoramento da sua rede em busca de atividades suspeitas.
  • Todas as boas empresas de hospedagem possuem ferramentas para prevenir ataques DDOS em grande escala
  • Mantêm seu software de servidor, hardware e versões de php atualizados para evitar que hackers explorem uma eventual falha de segurança em uma versão antiga.
  • Implementam planos de recuperação de acidentes e desastres que protegem os seus dados.

Em um plano de hospedagem compartilhada, você compartilha os recursos do servidor com muitos outros clientes. Isso abre o risco de contaminação entre sites, onde um hacker pode usar um site vizinho para atacar seu site.

Utilizar um serviço de hospedagem WordPress gerenciado garante uma plataforma mais segura para o seu site. Empresas de hospedagem gerenciada do WordPress oferecem backups automáticos, atualizações automáticas do WordPress e configurações de segurança mais avançadas para proteger seu site.

Quais são as etapas fáceis de segurança no WordPress?

Melhorar a segurança do WordPress pode ser uma ideia preocupante para iniciantes, principalmente se você não for profissional na área. 

Pensando nisso, informamos a seguir como é possível melhorar a segurança do WordPress sem necessidade de codificação.

Instale uma solução de backup do WordPress

Os backups são sua primeira defesa contra qualquer ataque do WordPress. Lembre-se de que nada é 100% seguro. Se os sites do governo podem ser hackeados, o seu também pode.

Os backups permitem que você restaure rapidamente seu site WordPress caso algo ruim aconteça.

Existem muitos plugins de backups gratuitos ou pagos do WordPress que você pode usar. A coisa mais importante que você precisa saber quando se trata de backups é que você deve salvar regularmente os backups completos do site em um local remoto (não em sua conta de hospedagem).

Com base na frequência com que você atualiza seu site, a configuração ideal pode ser backups diários ou em tempo real.

Instale um plugin de segurança para WordPress

Após os backups, a próxima etapa importante a ser feita é configurar um sistema de auditoria e monitoramento que controle tudo o que ocorre em seu site.

Isso inclui monitoramento de integridade de arquivo, tentativas de login malsucedidas, verificação de malware, etc. Felizmente, tudo pode ser resolvido com algumas opções de plugins de segurança gratuitos para WordPress.

A primeira medida a ser tomada é gerar uma chave de API gratuita. Isso permite o registro de auditoria, verificação de integridade, alertas de e-mail e outros recursos importantes.

Após a parte de proteção, as configurações de plugin padrão são boas o suficiente para a maioria dos sites e não precisam de nenhuma alteração. É recomendável também personalizar ‘Alertas por e-mail’.

As configurações de alerta convencionais podem sobrecarregar a caixa de entrada com e-mails. Recomendamos o recebimento de alertas para ações importantes, como alterações em plugins, registro de novo usuário, etc. 

Habilite o Firewall de Aplicativo da Web

A maneira mais fácil de proteger seu site e não ter dúvidas sobre a segurança do WordPress é usar um firewall de aplicativo da web (WAF). Um firewall de site bloqueia todo o tráfego malicioso antes mesmo de chegar ao seu site.

Firewall ao nível de aplicativo – são plugins que estudam o tráfego quando ele alcança o seu servidor, mas antes de carregar a maioria dos scripts do WordPress. Este recurso não é tão eficiente quanto o firewall de nível DNS para diminuir o fardo do servidor.

Firewall de site de nível de DNS – esse firewall roteia o tráfego de seu site através de seus servidores proxy que estão em nuvem. Isso possibilita que eles encaminhem somente tráfego autêntico para o seu servidor da web.

Mova seu site WordPress para SSL / HTTPS

O SSL (Secure Sockets Layer) é um protocolo que criptografa a transferência de dados entre o seu site e o navegador do usuário. Essa criptografia dificulta para alguém localizar e roubar informações. Após habilitar o SSL, seu site usará HTTPS em vez de HTTP, sendo possível visualizar um cadeado próximo ao endereço do seu site no navegador.

Muitos usuários do WordPress não percebem a importância dos backups e da segurança do site até que seu site seja hackeado. 

Por isso, esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a aprender sobre as melhores práticas de segurança do WordPress.


Gostou do artigo? Veja também Como montar uma estratégia de marketing integrado?