O que é marketing de relacionamento e como aplicá-lo

pexels-karolina-grabowska-7681196
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Existem muitas formas para um negócio conquistar a atenção do público, desenvolvendo estratégias e técnicas que destaquem as atividades em relação aos interesses da sua audiência. O marketing de relacionamento trabalha justamente com isso.

Essa aproximação com o público se mostra mais necessária com a inclusão cada vez maior das plataformas digitais à sociedade, estabelecendo em alguns casos como o principal meio de contato entre as empresas e o público, visto a praticidade desses ambientes.

Com o acesso maior do público aos aparelhos digitais, vide o avanço das tecnologias e o seu consequente barateamento, a presença do consumidor nas redes sociais se tornou um cenário bastante comum, lidando também com a variedade de sites disponíveis.

Esse alastramento acabou por modificar também a relação do público com os seus hábitos de compra, utilizando-se dos sites de busca para pesquisar sobre “banner para eventos preço”. O que antes teria que ser feito de forma direta, direcionando-se à empresa.

Seja se informando com um atendente ou ligando para os números de telefone dessa companhia de confecção de banners e outros materiais gráficos. A internet acabou por trazer uma maior liberdade para esse cliente.

Além de poder pesquisar por valores e pela recomendação de compradores anteriores – em sites especializados em reunir as opiniões dos usuários – esse consumidor pode analisar esses mesmos dados em relação aos concorrentes, de forma a escolher a melhor opção.

E se essa competição acaba sendo mais acirrada, contando também com o grande número de conteúdos e anúncios comerciais aos quais os usuários são expostos sempre que acessam o seu celular, as marcas precisam adotar estratégias cada vez mais assertivas.

Como uma empresa de informatica SP, que na internet disputa espaço com outras companhias do ramo, em alguns casos até de outros estados, que realizam algum tipo de serviço remoto.

A solução para que essa empresa continue tendo um resultado positivo com os clientes da região é trabalhar com a fidelização desse público, garantindo que ele sempre retorne a fazer negócios.

O marketing de relacionamento trabalha exatamente com esse intuito, de forma a fortalecer os laços criados entre o público e as companhias.

As particularidades do marketing de relacionamento

As especificidades desse modelo de marketing em relação aos outros formatos, como o marketing de vendas e o de conteúdo, estão na forma com o qual o cliente é tratado, tendo em vista a importância dele para todas as atividades realizadas por uma empresa.

Para se conquistar a atenção de um cliente a distribuição de brindes empresas criativos se mostra uma boa opção, contudo, caso os objetivos dessa companhia em relação aos seus consumidores sejam mais aprofundados, ações mais específicas devem ser adotadas.

É preciso tomar uma série de atitudes, para que o público tenha total confiança com os seus produtos, de forma que eles não só consumam os seus serviços ofertados, mas para que eles se tornem uma espécie de embaixador não oficial da marca.

Ou seja, para que os próprios clientes trabalhem com a divulgação dos seus produtos, alertando colegas e conhecidos sobre os benefícios por eles conquistados durante o consumo desse material em específico.

Os anúncios em televisão, revistas e sites são importantes, mas para que uma marca de shampoo e outros produtos de cabelo de fato conquistem a atenção do público, eles precisam obter a atenção dos profissionais que atuam em salões de beleza.

Com a indicação espontânea dos seus produtos por esses profissionais, maior pode ser o nível de absorção da mensagem comercial com um número maior de consumidores.

Nesse caso é importante trabalhar com a relação da marca com esse público segmentado, através da distribuição de produtos promocionais personalizados, por exemplo, conquistando a confiança de uma faixa de público que vai atuar na divulgação da marca.

A partir dessa situação é possível compreender como o marketing de relacionamento age de maneira mais específica, tendo sim uma preocupação com o número de conversão em vendas, mas estando primeiramente focado na sua aproximação com o público.

Pois quanto mais íntima uma marca estiver da sua audiência, maior será a possibilidade desse grupo concluir algum processo desejado pela empresa, seja na divulgação de um produto, de um conceito ou do consumo em si de uma mercadoria.

Diante dessa importância do marketing de relacionamento para os negócios atuais, é essencial que um empreendedor não apenas conheça os seus benefícios, mas saiba também as maneiras corretas de colocá-lo em prática.

Como se relacionar com seus clientes em 6 passos

Assim como o dono de um estabelecimento comercial procura por pórtico para eventos SP, de forma a destacar o seu negócio como patrocinador de um evento em São Paulo, o marketing de relacionamento também necessita de ações específicas.

Esse estreitamento entre a comunicação de um negócio com o seu público consumidor, pode ser conquistada através de uma série de adaptações em relação aos seus métodos de gestão, começando pela relação com a sua audiência, sendo necessário conhecê-la.

  1. Identifique os seus clientes

Para se pensar em uma comunicação especializada, que fomente a sua relação com a sua faixa de público, primeiro é preciso identificar as suas particularidades, tanto dos clientes já conquistados como daqueles aos quais se pretende atingir.

As próprias redes sociais, que se apresentam como as grandes plataformas de contato com seu público, permitem também um estudo aprimorado sobre as suas características e interesses, levando em conta as informações por ele disponibilizadas de forma online.

Apoiado nessa análise de dados, um vendedor de produtos eletrônicos pode oferecer uma lousa digital interativa para um comprador que tenha filhos pequenos em casa, ou então atue no ramo educacional.

  1. Segmente esse público

Após ter conhecimento sobre o seu público, é importante apresentar uma comunicação especializada, direcionada para os interesses e necessidades dessa sua audiência, fortalecendo assim os laços de proximidade entre a empresa e o seu público.

Dessa forma a relação entre esses dois lados de uma negociação se torna mais estreita, garantindo dessa forma o retorno desse consumidor.

  1. Trabalhe com um retorno do consumidor

E quanto mais próxima uma empresa estiver do seu público, maior será a probabilidade dele retornar a consumir com essa companhia. Diversas análises apontam que os custos para se alcançar um novo cliente são maiores do que manter o seu público atual.

E para contar com esse retorno é preciso desenvolver técnicas para se conquistar não somente a atenção do consumidor, mas também a sua permanência em relação às atividades de venda realizadas por essa companhia.

Programas de fidelidade se destacam nesse sentido, por meio de promoções ou distribuição de brindes para os clientes mais fiéis, pesquisando por ecobag personalizada empresas, para encontrar um parceiro comercial que fornece esses produtos para a oferta de brindes.

  1. Coordene suas ações de forma metódica

Para que uma companhia tenha sucesso com as estratégias adotadas em relação ao público, é preciso que ela tenha um controle esquematizado dessas ações, compreendendo a conexão entre os custos e benefícios desses procedimentos.

Atuar com um cronograma dessas estratégias permite uma otimização dessas ações, agindo para que um consumidor não seja atingido, por exemplo, pelo mesmo tipo de comunicação, após se encontrar em uma posição diferente no processo de compra.

  1. Monitore os resultados

Para entender se as táticas de relacionamento estão de fato surtindo efeito, é necessário estudar a reação do público a sua comunicação, observando alguns canais de interação como:

  • Comentários em redes sociais;
  • Serviços de atendimento;
  • Elogios e críticas nas páginas de venda dos produtos;
  • Compartilhamento das postagens.

A partir de uma análise desses, assim como muitos outros fatores existentes, uma companhia consegue medir a taxa de aproximação do público, no que pode repercutir em um maior número de vendas, ou um crescimento de assinaturas, por exemplo.

  1. Ouça os seus clientes

Desde que o processo de comunicação deixou de ser algo unilateral, com a adesão do público às redes sociais, as companhias tiveram que adaptar o seu método de se conectar à sua audiência, contando diretamente com as opiniões e reações desse grupo.

Após identificar o desejo do público por formas mais ágeis de serem atendidos, uma empresa pode disponibilizar totens de autoatendimento em suas lojas, sendo apenas uma das diversas opções que podem ser adotadas, após ouvir os anseios do seu público.

Se o processo de comunicação é algo coletivo, reagindo ao contato entre dois ou mais indivíduos, para que uma empresa se posicione como uma figura similar ao humano, capaz de se conectar com o público, é preciso que ela se coloque disposta a ouvi-lo.

Considerações finais

De uma forma geral, o marketing de relacionamento trabalha para que os negócios não apenas contem com a atenção dos seus consumidores, mas que eles tenham uma relação forte com eles, otimizando o seu número de vendas, além de outros processos.

O público atualmente busca mais do que simplesmente consumir um produto ou serviço, ele está atrás de ser reconhecido como um ativo importante para as empresas, e o marketing de relacionamento trabalha justamente com isso.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.