Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads

Saiba tudo (o que sabemos até agora) sobre a nova atualização no relatório de termos de pesquisa do Google Ads, como isso pode impactar no seu negócio e o que fazer para minimizar esse impacto.

O Google anunciou no início de setembro uma mudança em seu relatório de termos de pesquisa que pegou muitos anunciantes e gestores de surpresa, e não foi do tipo surpresa boa.

Tal reação não foi para menos, pois, segundo o próprio Google, em breve o relatório não mostrará mais todos os termos de pesquisa utilizados, somente serão incluídos os termos que forem mais pesquisados.

A notificação (traduzida) diz: “Estamos atualizando nosso relatório de termos de pesquisa para incluir apenas os termos que foram pesquisados por um número significativo de usuários. Como resultado talvez você encontre menos termos no seu relatório daqui para frente”.

O que ainda não se sabe é o que o termo “significativo” significa exatamente, o Google não entrou em detalhes a respeito de números com relação a esse termo.

É comum encontrarmos termos de pesquisa com uma impressão ou um clique apenas, se esse for o caso e estes termos não mais aparecerem, isso pode fazer toda a diferença uma vez que no todo, esses casos isolados (mas frequentes) podem somar uma boa quantia quando não negativados.

Motivo da alteração no relatório de termos de pesquisa

O motivo, segundo o Google, é manter o padrão de privacidade e fortalecer sua proteção de dados.

Essa decisão pode estar diretamente ligada à GDPR que está em vigor desde 2018 e à CCPA (Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia) que entrou em vigor em janeiro deste ano.

Por quê esse relatório é importante?

Grande parte do descontentamento dos anunciantes é que esse relatório é de extrema importância para garantir o bom resultado das campanhas, uma vez que assim que percebe-se algum termo de pesquisa que não condiz com o anúncio mas que gerou um clique (um custo para o anunciante) é possível removê-lo e assim fazer a otimização, independente do número de vezes que esse termo apareceu.

Com a limitação do relatório é possível que o anunciante gaste com esses termos, que se tornarão invisíveis, e as campanhas poderão gerar cada vez menos resultado.

Um outro argumento dos anunciantes é que se eles estão pagando pelos cliques e palavras chaves, não deveriam ter acesso aos termos de pesquisa para que façam bom uso das mesmas?

Talvez o uso mais importante dos dados obtidos pelo relatório dos termos de pesquisa seja explorar a negativação das palavras que não são interessantes para o anúncio, porém não podemos ignorar a função de identificar a intenção dos clientes e oportunidades de conteúdo.

Através dos termos utilizados para realizar uma pesquisa é possível entender como o cliente pensa com relação ao produto ou serviço o qual você está anunciando e assim otimizar sua campanha com base nessa nova descoberta.

Leia também: Como otimizar o seu site em 6 passos

O que a mudança pode significar?

Agências americanas estimam uma ocultação de aproximadamente 28% dos termos de pesquisa e remove a visibilidade de mais de 20% dos cliques CPC.

Antes da alteração:

Para cada $ 100K que você gasta na pesquisa do Google, você obtém dados de termos de pesquisa para $ 98.700 deles.

Para cada 100 mil cliques que você obtém, você vê dados de termos de pesquisa para 98.300 desses cliques.

Após a alteração:

Para cada $ 100K que você gasta na pesquisa do Google, você obtém dados de termos de pesquisa para $ 71.000 deles.

Para cada 100 mil cliques que você obtém, você vê dados de termos de pesquisa para 77.900 desses cliques.

Fonte: Seer

Como o Google se posiciona

A resposta do Google é a seguinte: “Estamos continuamente investindo em novas e mais eficientes formas de compartilhar insights que os gestores de Google Ads possam continuar tomando decisões críticas quanto às suas campanhas.

Apesar da notícia ser ainda muito recente e não termos todos os dados e informações completas sobre o assunto, até porque o próprio Google não se posicionou com relação à muitos questionamentos, não é motivo para pirar e deixar o barco à deriva.

O que fazer?

Barra de Pesquisa

Tenha uma barra de pesquisa em seu site e recupere alguns dados de consulta valiosos, em seus próprios termos.

Conheça bem o seu público alvo

Conheça ainda mais seu público alvo para que você possa fazer um trabalho ainda melhor ajudando-o a resolver seus problemas.

Lances Inteligentes

Enquanto não sabemos exatamente como ficará o relatório dos termos de pesquisa, é interessante utilizar o Lances Inteligentes do Google uma vez que esse dispositivo já é automatizado com base nas palavras chaves mais buscadas, mesmo que elas deixem de aparecer pra você.

Google Trends

Ferramenta comumente utilizada por profissionais da área, o Google Trends identifica tendências de pesquisas e cria relatórios a respeito delas.

Por lá é possível identificar os termos que mais são utilizados para pesquisar sobre determinados produtos, serviços ou assuntos em geral.

Utilize o Planejador de Palavras-Chave

Por lá você consegue visualizar termos relacionados à palavra-chave escolhida e a partir disso trabalhar numa lista de palavras-chave negativas e se antecipar ao próprio relatório, ele entregando ou não o que você gostaria.

Se você trabalha com o Google Ads já percebeu alguma alteração no seu relatório de termos de pesquisa? Quais ações você tomará para minimizar esses impactos?

Conta pra gente nos comentários!

Deixe um comentário sobre a matéria!

Sobre Nós

Agência de Marketing Digital em SBC, focada em Inteligência de Dados e Performance.

Somos uma Agência Parceira Oficial do Google, Facebook e RD Station.

Posts Recentes

Curta a nossa FanPage

Parcerias Oficiais

Receba nossos Conteúdos