Como trabalhar a linkagem interna em seu blog?

linkagem interna

Trabalhar com linkagem interna é uma importante maneira de otimizar o desempenho em seus recursos, seja em um blog ou sites de empresas de remediação de áreas contaminadas, sendo também uma excelente ferramenta de SEO para sua companhia.

Inclusive, o mundo tem passado por um intenso processo conhecido como transformação digital, no qual uma série de recursos tecnológicos tem ganhado mais popularidade e se tornado parte do dia a dia das pessoas.

A mesma coisa acontece com o mercado, que teve de se adaptar a uma nova era de informação e negociação, entendendo como o mundo virtual pode conectar pessoas e gerar oportunidades reais de negócios.

Para isso, a maioria das empresas optou pelas ações de marketing digital. Embora inovadoras, elas ainda estão engatinhando, e ainda há pessoas que têm dificuldade em compreender suas possibilidades com elas.

O principal foco do marketing digital é a pessoa. Criar uma experiência de usuário acima do comum se tornou o padrão, uma vez que as empresas estão cada vez mais interessadas em relacionamentos duradouros entre consumidor e marca.

Pensando nisso, é importante que você saiba como trabalhar para conseguir uma autoridade maior para o site de sua empresa de administração de condomínios comerciais, principalmente se está buscando na internet uma oportunidade de crescimento.

Linkagem interna: entenda o que é

A aquisição de leads e todo o processo da jornada do consumidor são realmente interessantes, e existem maneiras de atrair um consumidor direto, onde ele pode começar a acompanhar o material que está sendo produzido e seguir no funil de vendas.

Entretanto, um dos elementos que mais é deixado de lado nesse tipo de estratégia é a linkagem interna. A maioria das pessoas deixa este como um elemento de segundo plano, e na verdade estão perdendo excelentes oportunidades ao fazerem isso.

Os links internos são relevantes para o desempenho adequado de um site de administração de obras residenciais, principalmente quando falamos de motores de busca. 

Mas não é apenas por isso que eles são importantes, uma vez que engajam diretamente com o usuário final. Um link interno é aquele que aponta para uma outra página dentro de seu próprio site. 

Normalmente, ele o leva a um outro conteúdo relacionado com o tema que está sendo abordado, ou até mesmo a um produto ou serviço oferecido.

O importante é que todos os links estejam dentro de um mesmo domínio para gerar o engajamento correto, uma vez que links externos saem do escopo desse tipo de atividade de avaliação.

Empresas que estão buscando trabalho com ferramentas de link building normalmente dão muita atenção tanto para os links externos quanto internos, uma vez que ambos podem ajudá-lo a conseguir um posicionamento melhor em sites de pesquisa.

Quando um consumidor hoje tem dúvidas ou preocupações acerca de um tema, é comum que ele procure uma plataforma de busca para conseguir mais informações sobre sua empresa de aterramento elétrico, por exemplo.

Ao colocar algumas palavras-chave em uma caixa de pesquisa, ele ativa os algoritmos de busca. Estes algoritmos fazem uma varredura nos bancos de dados que tem a disposição por sites e blogs que possuam um conteúdo que vá de acordo com o que está sendo pesquisado, e então oferecem ao cliente uma lista por ordem de relevância.

Quanto melhor estruturada é sua rede de links, principalmente internos, mais relevante seu site será aos olhos desses algoritmos, colocando-o em uma posição mais elevada destas listas de busca.

Normalmente, o consumidor encontra o que precisa logo entre os primeiros links disponíveis, por isso é muito importante conseguir um espaço de qualidade nesse tipo de lista como um todo, seja para sua empresa de instalação elétrica industrial ou qualquer outra.

A importância da linkagem interna

Para muitos empresários, entretanto, a importância de utilizar links internos ainda é um mistério, e isso acontece por falta de conhecimento, o que é muito comum em uma era onde o excesso de informação é constante.

O tráfego orgânico é um dos principais objetivos do marketing de conteúdo, uma vez que ele traz novos consumidores para o site sem precisar fazer investimentos externos. Pensando nisso, existem maneiras de os links internos ajudarem nesse processo, como:

  • Melhorar a experiência do usuário;
  • Impulsionar conteúdos estratégicos;
  • Mover consumidores no funil de vendas;
  • Reduzir a taxa de rejeição.

Todos estes elementos são passos importantes para que as ferramentas de SEO (Search Engine Optimization) tenham efetividade.

Quanto mais tempo os consumidores passarem em seu site, melhor, isso significa que eles terão um acesso maior a seu conteúdo e podem fechar negócios com uma empresa de manutenção e recarga de extintores depois da quantidade certa de informações.

Como trabalhar sua linkagem interna

Agora que você entende um pouco melhor o que é a linkagem interna e sua importância, é o momento de colocar estas informações em atividade e criar uma ferramenta efetiva para seu site ou blog.

Entretanto, não se esqueça que cada empresa tem suas próprias peculiaridades, e nem sempre as mesmas técnicas de linkagem funcionam para duas companhias diferentes, ainda que elas estejam em um mesmo segmento de atuação.

Por isso, adaptar esse tipo de ferramenta à sua realidade é muito importante para garantir uma estrutura adequada de comunicação e otimizar o trabalho realizado com seus links internos de uma empresa de tratamento de piscina.

Texto âncora

A análise de links e palavras-chave das ferramentas de pesquisa está cada vez mais avançada, trabalhando com poderosas ferramentas de inteligência artificial.

Isso deixou o processo de indexação muito mais rigoroso, em grande parte por conta de abusos cometidos por empresas e desenvolvedores no passado. Esse tipo de questão acabou criando a necessidade de um texto âncora.

Esse texto nada mais é do que a ferramenta onde o link está presente, e ele identifica para os motores de busca do que se trata o link. Por isso, é muito comum a utilização de textos relevantes para um conteúdo em particular.

Uma simples expressão, como “clique neste link” pode ter uma efetividade menor do que um conteúdo cujo contexto está explicado adequadamente, apresentando informações relevantes tanto para as pessoas que chegam até o tópico quanto para os motores de busca.

Conteúdos recomendados

Outra excelente ferramenta de linkagem interna, os conteúdos recomendados são aqueles que tem ligação direta com o material que está sendo consumido por um determinado usuário.

Não é incomum esta pessoa ainda ter dúvidas, mesmo depois de ler o que você criou para sua assessoria contábil para abertura de empresa, por exemplo.

Neste caso, ela pode continuar em seu site ou blog consumindo mais conteúdo, sendo redirecionada quando tiver interesse em absorver as informações sobre uma determinada questão que você possa fazer.

Embora esse tipo de linkagem pudesse ser muito trabalhosa no passado, hoje diversas ferramentas e plugins automatizam esse processo, encontrando referências de ligação entre palavras-chave e categorias de conteúdo.

Você também pode fazer manualmente as referências, embora esse processo possa ser bem mais demorado, e é importante pensar em fazer isso com todas as suas publicações para que o consumidor tenha variedade de opções na hora de continuar lendo seu material.

Distribuição de links

Outra questão importante para esse tipo de atividade é a distribuição de links. É importante ter em mente que o excesso de links internos pode se tornar um problema, e não uma solução.

Isso acontece porque links demais podem tirar a credibilidade de um conteúdo, uma vez que ele parece moldado apenas para apresentar esse tipo de situação. Por conta disso, é importante que você saiba como e quando colocar os links de maneira adequada.

Dessa forma, você garante que os usuários passarão mais tempo acompanhando os materiais que você está publicando.

Use páginas relevantes

Ao acompanhar seus resultados, é comum que você encontre algumas páginas que se destacam das demais. Essas páginas se tornam mais relevantes para sua estratégia de conteúdo, e podem ser ideais para a inserção de links internos.

Estas páginas acabam sendo excelentes ferramentas de abertura para você conseguir apresentar material de qualidade dentro de suas possibilidades, ampliando a opção de links internos que podem ser utilizados nelas.

Isso pode servir como ferramentas de engajamento para vendas, apresentação de landing pages e diversas outras opções que podem ajudar em seu engajamento.

Considerações finais

Saber usar a linkagem interna pode ser um processo complexo, mas os resultados valem muito a pena. Dessa forma, sua empresa consegue resultados realmente efetivos de suas ações online.

Quanto mais você entender como os links internos funcionam e o melhor que você pode explorar deles, maiores serão os resultados, otimizando esse tipo de atividade e garantindo uma estrutura de comunicação muito mais expressiva.

Empresas que entendem o potencial de usar os links internos em suas estratégias acabam ganhando um destaque maior no mercado e ampliando suas possibilidades dentro de seu segmento de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.